Único com Certificado Anvisa - Frete Grátis para Todo Brasil - Parcele em 10x Sem Juros - WhatsApp (44) 99138-3300

10 Formas de Evitar Escaras em Pacientes

 

10 Formas de Evitar Escaras em Pacientes Acamados

 

As escaras diminuem a qualidade de vida de pessoas acamadas e tornam o trabalho dos enfermeiros ainda mais difícil. Algumas medidas fáceis ao longo do dia podem ajudar a evitar essas lesões. Aprenda um pouco o que são as escaras e como preveni-las.

 

O que são escaras?

 

As escaras de decúbito ou úlceras de pressão são um tipo de lesão de pele, com extensão e gravidade variadas, que surgem em pessoas que passam muito tempo na mesma posição ou apoiadas em superfícies rígidas, como pacientes acamados, cadeirantes e paraplégicos/ tetraplégicos.

 

Os locais mais frequentes para o surgimento de escaras são a região sacral, logo acima do bumbum, as laterais do quadril, os calcanhares, as orelhas, os ombros e os joelhos, pois são locais do corpo que ficam mais facilmente sobre superfícies duras, dificultando a circulação de sangue.

 

Graus de lesão

 

  • Grau 1: Vermelhidão na pele que, mesmo após o alívio da pressão, não desaparece;
  • Grau 2: Formação de bolha com conteúdo aquoso;
  • Grau 3: Aparecimento de necrose do tecido subcutâneo;
  • Grau 4: Acometimento de estruturas profundas, necrose de músculos e tendões, aparecimento de estrutura óssea.

 

Como prevenir escaras?

 

  • Estimule a movimentação do paciente respeitando seus limites. Evite a mesma posição por tempo prolongado;
  • A massagem auxilia na circulação, principalmente quando feita em mãos e pés;
  • Manter o corpo limpo e hidratado é muito importante. Não esfregue a pele com força durante o banho e seque bem a pele;
  • As roupas de cama devem estar sempre limpas e secas, dê preferência para os de algodão;
  • Colchão anti escaras oferece mais conforto ao paciente;
  • A alimentação também é parte importante para prevenir escaras. O consumo de líquido deve ser constante;
  • Almofadas podem ser usadas para aliviar áreas de pressão (principalmente nos calcanhares);
  • Proteja as áreas de risco com curativos de espuma, espuma siliconada ou filme transparente;
  • Examine diariamente a pele do corpo todo com atenção;
  • Utilize equipamentos de reabilitação como: Vollenz HOME, um elevador hidráulico que transporta o paciente com segurança de um local ao outro, e Vollenz MOVE, que funciona como suporte para posicionamento em pé, estimulando a circulação e o paciente a se movimentar.

  

Como tratar escaras?

 

Lesões dos dois graus mais simples podem regredir com as ações preventivas mencionadas. Lesões de grau 3 devem ser tratadas com uso de antibióticos e curativos para escaras. No grau 4, o tratamento é mais invasivo. Além dos medicamentos para escaras, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica e até mesmo o transplante de pele. Em todo caso, todo tratamento de escara deve ser orientado por um médico.