Único com Certificado Anvisa - Frete Grátis para Todo Brasil - Parcele em 10x Sem Juros - WhatsApp (44) 99138-3300

Cuidador de Idosos - Profissão em ascensão no país


Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MET) entre 2,6 mil profissões pesquisadas, a de Cuidador de Idosos, Crianças, Pessoa com Deficiência e Doenças Raras foi a que mais cresceu no país na última década. Uma das possíveis explicações para esse crescimento é o aumento do número de idosos no país. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em cinco anos o número de idosos cresceu 18%, superando os 30 milhões de idosos em 2017.  

A profissão de cuidador é regulamentada desde 2015 pelo projeto de Lei 284/2011, onde relata que para atuar na área é preciso ter mais de 18 anos, ensino fundamental completo e curso de qualificação específico, feito numa instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Entre as atribuições do cuidador está a busca pela autonomia e independência, e o zelo pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal e recreação da pessoa assistida.

De acordo com o projeto de lei PLC 11/2016, o cuidador deve focar sua atuação no respeito, na compaixão e na paciência com o idoso. O texto também  estabelece que esses profissionais possam ser responsáveis por administrar medicamentos, desde que autorizados por um profissional de saúde habilitado.

Qualidades necessárias

Uma das características mais importantes que o cuidador deve possuir é a paciência para acompanhar o ritmo da pessoa que está sendo cuidada. Ademais, é preciso ter muita responsabilidade, pois as ações do cuidador refletem diretamente na vida de quem esta sendo cuidado.

Simpatia, empatia, sensibilidade e organização também são qualidades essenciais que todo cuidador deve ter, além do preparo psicológico e teórico na área de geriatria.

Atuação

Os cuidadores podem atuar em hospitais, em instituições de longa permanência, nas residências dos idosos ou eventos culturais e sociais. No entanto, quando as atividades forem em residências, os contratos de trabalho deverão seguir as regras válidas para os empregados domésticos.

Atualização 

Atualizar e aprimorar as técnicas e cuidados é sempre importante, visto que novas descobertas e tecnologias estão sempre surgindo para melhorar a vida das pessoas que necessitam de cuidados.

Vale ressaltar que, cursos como o de nutrição, primeiros socorros e cursos profissionalizantes também são diferenciais não só no momento da contratação, como também, quanto na definição do salário a ser pago.

Faixa salarial dos Cuidadores de Idosos

Os valores variam dependendo da cidade, do contrato e das funções que o cuidador irá exercer. A faixa salarial pode variar entre R$ 1.100,00 (mil e cem reais) à R$ 3.000,00 (três mil reais) por mês para uma jornada de 44 horas. Lembrando que o salário também pode variar dependendo do número de horas trabalhadas e se o cuidador exerce atividade no período noturno.